Domingo, 22 de Junho de 2008

Desejo

Diante de mim o teu corpo
belo firme quase nu
com cheiro de mar e de amor.
Diante dele o meu querer o meu desejo
intenso inteiro integral indescritível
de tocar cheirar sentir
O teu corpo de homem de amigo e amante
Desejo...

Essa brasa essa chama esse lume
esse fogo  esse forno essa caldeira
Ah, esse amor que arde incendeia
esse corpo essa fornalha essa fogueira
essa alma essa queimada que se alastra
em labareda me envolvo a noite inteira
Ah, essa paixão que me acende me inflama
me consome e me transforma e quase nos mata de prazer.

escrito por Divine às 00:35

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar
Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

Teia de mulher

Soberba mulher que me domina
Prende-me na sua teia de atracção
Provocando calafrios de emoção
No seu porte de fêmea tão felina
Espelho da tua fúria feminina
Conquista-me subtil e majestosa
Como manjar, linda e apetitosa
Delícia que conquista e atrai
Em ti a minha resistência esvai
Rendido na prisão maravilhosa.


 

tags: , , , ,
escrito por Divine às 11:13

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Na hora da minha morte

 

Eram 6h da tarde, a chuva caía e tudo me fazia lembrar de ti!.

Um relâmpago clareou o meu quarto e  fez-me lembrar dos teus lindos olhos.

Fui ate a janela e vi os pingos de chuva a correr sobre as ruas, assim como as lágrimas corriam sobre a minha face.

Deitei-me e cheguei à conclusão de que teria de te esquecer. Mas Como? Com que forças? Perguntas que só tu poderias responder-me... O telefone tocou, fui atender.

A voz era idêntica à tua. Eu tremia. Que pena! Não eras tu! Era engano meu. Senti a necessidade de sair e deixar a chuva cair sobre o  meu rosto. Andei muito.

Der repente, vi-te com outra!! Acenas-te eu já não tinha mais forças para caminhar.

Agora a chuva já se misturava com as minhas lágrimas pois eu sofria muito em ver-te com outra bem ali na minha frente..

Tive vontade de me jogar debaixo de um carro e assim fiz! Estendida no chão, vi muitas pessoas ao meu redor.

E vi-te também a ti, correndo para me ver morrer.

As últimas e mais bonitas palavras que eu queria ouvir, tu não me tinhas  dito..

Vi que choravas.- Por que fizeste isso?

E agora, o que vai ser de mim sem ti?

Amo-te dizes-me tu!!!

Era tarde demais para dizer isso, mas de qualquer forma, só me resta agradecer por me teres feito feliz ao menos uma vez na vida:

Na hora da minha morte

(Obg Rui)

escrito por Divine às 14:18

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar
Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

Delírio

Nua, mas para o amor não cabe o pejo
Na minha a sua boca eu comprimia.
E, em frêmitos carnais, ela dizia:
– Mais abaixo, meu bem, quero o teu beijo!

Na inconsciência bruta do meu desejo
Fremente, a minha boca obedecia,
E os seus seios, tão rígidos mordia,
Fazendo-a arrepiar em doce arpejo.

Em suspiros de gozos infinitos
Disse-me ela, ainda quase em grito:
– Mais abaixo, meu bem! – num frenesi.

No seu ventre pousei a minha boca,
– Mais abaixo, meu bem! – disse ela, louca,
Moralistas, perdoai! Obedeci....


O.B

 

escrito por Divine às 14:19

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar
eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. Desejo

. Teia de mulher

. Na hora da minha morte

. Delírio

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds