Domingo, 28 de Setembro de 2008

Tu..

Tu…
Sim, tu… tu sabes que é contigo.
Vem cá…
Não é justo que me deixes assim
Levaste o meu sorriso
O meu “bom dia”ficou diferente
Levaste a vontade e a coragem
O que deixas-te…
Foi pouco mais que uma sombra de mim..
Era tão grande a alegria que sentia contigo
Levaste a minha vida ..
Ou o que a fazia valer a pena..
Não, não me esqueci de ti
Não esqueci um único  momento nosso,
Desta vez saí de vez
Não desapareci, nem te esqueci
Nem  me despedi…
Tu…
Sim, tu… tu sabes que é contigo.
Vem cá…
Devolve-me o meu mundo
Vem e dá-me um sinal..
Não te esqueci nunca esqueci
Juro, nunca esquecerei
Mas ..
 

tags: , , ,
escrito por Divine às 02:19

link do post | diz.. | se gostas adicionar
7 comentários:
De madura a 1 de Outubro de 2008 às 07:26
Grande amiga

O problema é sempre o "mas".já repararste que em tudo na vida temos sempre o diabo do "mas".porque será?
Para parar e pensar?;
Para dar tempo a avaliar se vale a pena arriscar?;

A vida obriga-nos aos "mas", mas se assim não fosse se calhar muita coisa podia mudar para pior. O problema é que depois vem a dúvida, e se era para melhor?????

Sabes Mas.....

Um bom dia para ti e tudo de melhor que possa existir.é tudo quanto te desejo.

Um beiji...............nho
De Divine a 23 de Outubro de 2008 às 20:25
Laurinha:)

A vida simplificada não tinha graça nenhuma, não achas?
São os mas... que lhe dá sabor que nos fazem pensar
Tudo de bom para ti e estou cheia de saudade
De M.Luísa Adães a 6 de Outubro de 2008 às 09:46
Divine

Você não se lembra de mim, mas eu a escolhi há tempos ...
Espero que o teu mundo seja devolvido, juntamente com o teu sorriso e as tuas lembranças,
algumas esquecidas, perdoadas, ou não, mas lembradas só "as boas lembranças".
No poema escrito em inglês, tu dizes muito mais ...

Lindo o que escreves, de uma sensibilidade "Sentida".

Com carinho,
Maria Luísa

p.s. http://prosa-poetica.blogs.sapo.pt

http://os7degraus.blogspot.com

para recordar quem sou ...
De Divine a 23 de Outubro de 2008 às 20:34
Boa noite Maria Luísa
Mas é claro que me lembro de ti, não são poucas as vezes que visito o teu blog.
Minha amiga, (espero que me permitas tratar-te assim) o meu blog ,era ou é feito de momentos, palavras ,sentimentos e lembranças que não tem obrigatoriamente que referir-se a mim. É muito bom falar de amor mas é muito melhor viver o amor, não concordas? O meu mundo contínuo na sua orbita sem grandes desvios com amor respeito e principalmente com muitos sorrisos e algumas lembranças que guardo com todo o carinho.
Agradeço as tuas amáveis palavras e o poema em inglês na minha opinião é realmente fantástico mas infelizmente não é meu, é a letra de uma música que gosto muito.
Obrigada pela visita
Com amizade
Divine


De M.Luísa Adães a 24 de Outubro de 2008 às 09:29
Divine

Interessa o que escreves, o que procuras e decerto encontras." Falar de amor não é o mesmo que viver o amor" é verdade - eu tenho a certeza -
sou muito feliz no amor!
Mas o poeta tem sempre tendência a ser "Um Ser"
nostálgico e em paralelo com ele,caminha a vida e
por vezes zangado, acompanha essa mesma vida.
Tem de o fazer! Mas gostava que fosse doutro modo
- "A seu modo"- ... Entendes? Tudo a seu jeito!
Luta por isso! Não desiste! Por isso se chama de
"incompreendido".
Obrigada por responderes, mas lê os meus poemas
abstractos e intimistas ...

Com amizade,

Maria Luísa
De Divine a 25 de Outubro de 2008 às 17:52
Olá de novo Maria Luísa
O que procuro é dar-me um prazer a mim própria, ou seja escrever… tenho noção que não escrevo bem mas mesmo assim este é um prazer que ninguém me pode tirar. Eu adoro “brincar” com as palavras. Quem me dera ser poeta… mas nem pouco mais ou menos nem tenho pretensão a tal:)
Mas tenho que concordar contigo tenho tendência tal como os poetas a ser nostálgica e a falar de amor e de amores nem que sejam supostos amores imaginados.
Nunca desisto do que acredito e principalmente do que amo! E amo escrever estas coisas… aqui ou numa qualquer folha de sebenta ou caderno não deixarei de o fazer com toda a certeza
Obrigada por vires
Um beijo com amizade
Divine

De M.Luísa Adães a 26 de Outubro de 2008 às 09:00
Divine

Gostei da forma como escreveste; da sinceridade e verdade, do que sentes e do que dizes ... Mas ,também gostaria de te encontrar no meu blogs a leres, "sentada na tua cadeira, em Paz" e
usufruires, se for caso disso, os meus poemas!

Obrigada por voltares!

Beijos,

Maria Luísa

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links


.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds