Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Simplicidade


Dá-me a tua mão...

Dá-me a tua mão e deixa-te vir comigo
Vem.. Agora vou te contar os meus sonhos
O que sempre procurei
Que sempre foi a minha busca cega e secreta.
Com te direi..
Que descobri que tudo o que sempre sonhei são coisas simples e banais
Que afinal a simplicidade existe e faz parte do meu sonho
Que  existe uma  linha  de mistério entre o sonho e a realidade
Que essa  linha é  sub-reptícia.

Existe um espaço entre tudo e nada..
Entre duas notas de música existe uma nota,
Entre dois factos existe um facto,
Entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
Existe um intervalo de espaço,
Existe um sentir  entre o sentir
Como nos interstícios da vida e do sonho

Está a linha de mistério e fogo
Que é a respiração do mundo,
Que é respiração contínua do sonho
É aquilo que ouvimos
E chamamos de silêncio.
Mais forte que qualquer outro sentimento,
O amor que sinto por nós
Penso em ti em mim em nós a todo momento,
Não sinto a tua falta porque estás comigo a  todo instante,
Mesmo que me encontre distante...
Sou uma vagabunda do sonho
Misturo os meus sonhos e a realidade
Misturo tão bem que me perco no além,
Que me perco de ti e em tudo que eu amo.
Queria contar-te sonhando os meus sonhos... 

Que afinal são coisas simples e banais!! 

 

escrito por Divine às 13:29

link do post | diz.. | se gostas adicionar
8 comentários:
De madura a 11 de Agosto de 2008 às 19:43
Pois é

As coisas simples têm a grandeza de nos fazer felizes, mas para isso é preciso realmente amar a vida e pensar que só se vive uma vez
Belissimo.

bj
De Divine a 11 de Agosto de 2008 às 22:13
Não me chames louca, mas eu acredito que já vivi várias vidas e vou viver muitas mais…
Sou completamente imperfeita e cada renascer para a vida é uma aprendizagem e aperfeiçoamento de nós próprios como seres humanos. Mas isso era outra conversa.
As coisas simples normalmente são as que nos dão mais prazer e não nos apercebemos…
É muito comum só dar valor ao que temos mesmo há mão depois de o perder.
Beijocas grandes
De madura a 12 de Agosto de 2008 às 10:43
olá bom dia.

Pegando no último parágrafo que escreves, tens toda a razão e nessa perspectiva que eu digo que só se vive uma vez. Quanto às outras vidas, não não és louca, aliás isso é que é viver.Continua não pares.

Aliás não és mulher para parar, há dentro de ti uma energia inesgotável.Sente-se.

Bj grande
De Divine a 12 de Agosto de 2008 às 22:30
Olá amiga
Nunca sabemos o amanhã.. onde estamos ou como estamos a fazer o que, ou com capacidade para…
Hoje é o último dia do resto da minha vida. Parar é morrer
Beijocas
De samueldabo a 11 de Agosto de 2008 às 21:10
Divine.
Leio e revejo-me nos silêncios entre palavras.
É a doce realidade que sonhamos e que faz da vida que vivemos que seja simples, como as papoilas encarnadas que encimam as palavras.
Adorava dar-te a minha mão e sentir nela o pulsar alegre e trepidante do teu coração de menina.
Podíamos até cantar a mesma canção, entre espaços deixados em aberto.
Um texto belo.
Beijos
De Divine a 11 de Agosto de 2008 às 22:17
Olá Samuel
A sério que te consegues rever? Isso é bom ! Quer dizer que as minhas palavras fazem sentido para alguém;)
As coisas simples que normalmente colocamos de parte como “seguro” são as que não produzem mais prazer. Demoramos é a descobrir..
Venha lá então essa mão, eu canto mas a canção escolhes tu,ok?:)
Obrigado por gostares e pela gentileza.
Beijoca
De samueldabo a 12 de Agosto de 2008 às 00:15
Divine.
O teu encanto seduz-me e não resisto, eis a minha mão.
E para canto, que tal:

Fui ao jardim da celeste
giroflé giroflá
o que foste lá fazer
giroflé flá flá
fui lá colher uma rosa
giroflé giroflá
para quem é essa rosa
giroflé flá flá
É para a menina Paula
giroflé giroflá
que é muito bonitinha
giroflé flá flá
......
Achas bem, menina bonita?
Mais simples e tão cativante não conheço.
Beijos
De Divine a 12 de Agosto de 2008 às 00:21
Tu não existes… és um gentleman!
E tens sentido de humor dois predicados explosivos.
Adorei a canção e a gargalhada que me fizeste dar.
Obrigado
Tu é que tens um encanto especial..
Beijoca

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub