Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Tempo

Com o tempo...

Aprendemos que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que se ama, dizer que se sente falta, dizer que se precisa, dizer que quer se é amigo... ...junto de um caixão... ...deixa de fazer sentido...
Por isso, quero recordar sempre estas palavras:
O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde.
Exactamente quando:

Já não há tempo!
 

tags: , , ,
escrito por Divine às 23:53

link do post | diz.. | se gostas adicionar
4 comentários:
De madura a 1 de Agosto de 2008 às 01:19
Boa noite querida amiga.
Tenho por principio há muitos anos fazer estas coisas enquanto há tempo, porque infelismente a vida ensinou-me isso aos 31 anos.Fiz tudo isto antes de o pai da minha filha partirr.perdoei, e pedi perdão As coisa só fazem sentido enquanto cá estamos.Para além de 12 anos de vida em comum dizendo tudo isso, ainda tive 3 meses (o tempo que viveu com a doença) para reforçar.julgo que foi em paz.e eu estou de bem com a minha consciência.

Aqui em casa digo isso muitas, para tentar fazer ver que esta vida são 2 dias, mas também já aprendi que há pessoas que julgam ser imortais.

Já agora aproveito para dizer que gosto muito de ti e que realmente este blog fala das mais variadas vertentes do "amor"

muito belo o que escreves.

Bj grande
De Divine a 1 de Agosto de 2008 às 09:38
Olá bom dia
Acho que muitas vezes nos esquecemos que de um momento para o outro podemos deixar de ter tempo. As vezes é preciso uma rasteira da vida um abanão para nos apercebermos o quanto somos frágeis e que na vida nada é "seguro" de um momento para o outro vai tudo por água abaixo e deixamos de dizer e fazer coisas tão importantes como um simples: Gosto de ti.
É sempre um prazer ler os teus comentários.
Uma beijoca e bom dia
De NEOABJECCIONISMO a 1 de Agosto de 2008 às 16:04
Divine.
Porque estou em ambos os limites dos parâmetros, lembro-me a primeira morte de mim, o meu avô.
Eu amava o meu avô como a referência maior de todo eu ser. Toda a minha infância, pobre e rica.
Cegou e mal podia andar. Eu era jovem adolescente e queria era namoriscar, vadiar pelas dunas.
Ele precisava de quem o levasse, porque não via, nem tinha os meios que entretanto se criaram. Foi perdendo o andar. Morreu de nostalgia, talvez. E também de idade.
Junto ao caixão, de nada valeu o reconhecimento da minha ingratidão, as lágrimas, o choro convulsivo. Ainda hoje me dói sempre que lembro...
Beijinhos
De Divine a 1 de Agosto de 2008 às 21:42
Fizeste-me lembrar a minha avó..
Era uma velhota do mais patusco que há , morreu com a bonita idade de 101 anos e na posse de todas as suas faculdades.
Faz pouquíssimo tempo que se foi e guardo uma imagem dela de uma mulher feliz e que viveu uma vida plena.
Bom... mas quanto ao tempo e ao teu comentário existem coisas que pensamos aos 30 ou aos 40 que são insignificantes aos 18 ou aos 20. Portanto não tens motivos para te sentires ingrato ou em falta.
Mas também acredito que devemos amar, acarinhar, beijar, abraçar e dizer eu gosto de ti sempre e não deixar para depois.. E principalmente dar mais valor ao que se tem e não desejar tanto o que se não tem.
Beijo

Comentar post

eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds