Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Eras tu?

     Eras tu! Porque sobressais no meio de todos os outros..

papoila.JPG

     Eras tu, sim eras tu, não eras? 

     Apetece-me gritar, eras tu...

     Convencer-me que eras tu,..

     Acreditar que eras tu...

     Eras não eras?

     Não, eras tu...?

     Então, onde estás agora?

     Da-me um sinal...

 

escrito por Divine às 14:55

link do post | diz.. | se gostas adicionar
18 comentários:
De pindel a 5 de Julho de 2008 às 07:05
talvez esteja para sempre no coração, acredito que sim, ou então onde a nossa imaginação quiser...e para sempre.

bj e um bom dia
De Divine a 5 de Julho de 2008 às 18:35
Perto e longe ..
Quem sabe é fruto na minha”nossa” imaginação :)
Beijo
De konkretu a 5 de Julho de 2008 às 18:14
Estou com muita vontade de dizer que sou eu...
Amanhã vou saber se sou eu ou não sou eu...
Vou dar-te um sinal...

Beijo Divine
De Divine a 5 de Julho de 2008 às 18:38
Desculpa, não posso evitar sorrir :)
Amanhã..? Amanhã vais dar-me um sinal?
Bom estou curiosíssima ou não fosse eu mulher…
Aguardo ansiosamente
Beijo desconhecido;)
De Luar a 5 de Julho de 2008 às 19:07
Divine, parece que eu estava muito perto da verdade.
Bj
De Divine a 5 de Julho de 2008 às 22:22
Não sei de que verdade falas tu mas tens muita imaginação, só pode ser isso.
Boa noite
De hombresoñador a 7 de Julho de 2008 às 23:11
eu não sou mas nãome importava
com todo o meu respeito
De Divine a 11 de Julho de 2008 às 13:43
Não percebo...
De samueldabo a 13 de Julho de 2008 às 22:28
Divine. O que eu me divirto, mulher.
Não sei de que jogo se trata e desatei logo a escrever. Serei eu? O quê? de quem estavas à espera.
Bem, melhor ir ver. Ler o post. Descobrir uma razão, um mote. Fui ler...E vi primeiro uma papoila vermelha. seria ela a causa de todo este alarido?...
Depois, um belo poema. Será que ninguém mais o viu?
E voltei envergonhado. Quis apagar o que escrevi de patético: serei eu? mas algo, uma força estranha vinda do poema, me impediu. Lutei, esbracejei e saí vencido.
Beijos do ser que sou, amiga
De Divine a 13 de Julho de 2008 às 22:46
Engraçado o teu comentário.. gostei
Mas quem será o ser privilegiado destinatário de tantas palavras bonitas :))))))??
Beijo

De samueldabo a 13 de Julho de 2008 às 23:05
Divine.
A casa onde habito é quase uma tumba, paredes grossa, século XIX. Mas ainda assim, apesar disso,
ouço o grito, uma voz frágil de mulher:
-Bruni!...Bruni!...Bruniiiii!!!...Foi todo o dia assim, desde manhã. Que mistério é este?... Que amante desesperada? Fui ver.
A noite desceu sobre a vila pacata, do lado de cá da cidade grande.
É uma terra de silêncios depois das dez, daí a sonoridade do grito, ainda que frágil, de mulher.
-O que há? indaguei
- O Bruni, o meu gato preto, desapareceu desde ontem...
Os mistérios. Ás vezes a montanha pariu um rato.
Um beijo
De Divine a 13 de Julho de 2008 às 23:41
Não sabia que tinha um gato, é verdade?
Adoro gatos e tenho dois e como boa bruxa gosto de um bom mistério e gatos..
Beijo
De samueldabo a 14 de Julho de 2008 às 00:11
Divine.
A história do gato era de uma vizinha. Eu tenho uma gata. Estranhamente virgem. Tem onze anos e não conheceu amante. Não sai à rua. Tem medo. E mia desalmadamente nos períodos dos cios. Imagino o que diria se falasse como gente!...
Beijos
De Divine a 14 de Julho de 2008 às 00:16
Meu caro sei muito bem o que isso é, tenho uma gata e um pobre gato capado..:)
Beijo
De samueldabo a 14 de Julho de 2008 às 00:35
Divine.
Os desgraçados é que devem saber!...
Nós imaginamos. Como sabê-lo?
Beijos
De Divine a 14 de Julho de 2008 às 09:09
Modo de falar...
A minha grita que se desunha mas não lhe adianta de nada:)
Bom dia
De samueldabo a 14 de Julho de 2008 às 10:31
Divine.
Mas se pensarmos de nós em eles.
Ás vezes dou por mim a fala-lhe e ela de olhos muito abertos.
-Pobre vivi, como te entendo. Que seria de mim se nunca tivesse feito sexo na tua idade . E tens, por certo o desejo gravado no teu ADN.
E aí, ela mia baixinho. Não sei o que me diz.
Beijos
De Divine a 14 de Julho de 2008 às 11:34
São um mistério .. É o animal que mais me fascina e grandes companheiros:)
Beijo

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub