Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Digo-te adeus

Adeus

Sem pena ..nem dó..

Digo-te adeus

Despeço-me de ti

Num carrossel da lembrança

Por Cada dia vivido

Alegrias e emoções

Mistura de  sentimentos

Ao sabor das mares

Meras  circunstâncias

Das nossas escolhas

Lutas ,anseios,

Alegrias e desejos

Lágrimas e comoção

Alegres e tristes

Diversificadas pelo humor

Perdidos nos  dias

Tantos Momentos

Previsíveis ou impensados

Digo-te adeus

Como quem se despede

De um amor vivido

Amante distante

Despeço-me de ti

Num  rir que não  magoa

Por ser só recordação

Num  sorriso de menina

Que os olhos não esquecem

Digo-te adeus

E que venha o próximo ..

Recheado de sorrisos

Amores e mistérios

Prazeres e esperança

E que nos faça sorrir

Adeus ano velho

Olá Ano Novo

 

escrito por Divine às 13:58

link do post | diz.. | já disse... (1) | se gostas adicionar
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Alma

 

 

Estou nua, caminho por uma rua cheia de gente, ninguém me nota nem reparo em ninguém .
Cruzo-me contigo, estou nua e dai...
Olho-te, não te conheço mas não sinto embaraço, mal me apercebo da minha nudez.
És um desconhecido, que importa..
Sorrio-te!
Dás-me a mão, seguimos em silêncio, sem destino
Esta noite és tu o meu caminho
Escuto, só oiço o  teu rumor, de mim nem sinal, estou e não estou.
Gosto do som do nosso silêncio.
Não estou no teu  tempo e nem no teu espaço,  é espontâneo
Olhas para mim...perguntas-me quem sou, e o que faço aqui.
Deixo que os pensamentos tomem conta de meu ser, de olhos arregalados por não entender como isso foi acontecer...
Estou nua...
Só agora reparo...
Não  quero falar de mim, não me vou expor..mostrar a minha alma.
Falar de mim é ter a noção que estou nua.
Corro...quero sair dali, toda as pessoas a minha volta esperam.. olham...
Querem ver quem eu sou, uma alma nua
Corro como se o meu  ser ganhasse asas, e  conseguisse voar para qualquer lugar do universo...

 

 

tags: , , ,
escrito por Divine às 22:37

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar

Dançando ao sabor do sentir

 

Momento
De plena fusão
O cá dentro misturar-se
No calor do silencio,
No brotar de um grito,
Numa canção,
Num murmúrio.
Danço parada
Abraço bem a Natureza,
Divina.

Capto mais um pouco de vida a minha volta,
Sintonia,
A libertação é total.

Intercâmbio de toques
A solidão acaba,
No entanto continuo sem ninguém por perto
Apenas danço,
Danço ao sabor do sentir.
Ás vezes sou assim.

 

Patrícia da Vaza Santos   27/12/2009

 

escrito por Divine às 22:01

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

A ti...!!

A ti...!!

Nem sei se era necessário dizer isto, mas não me custa nada repetir..!

Amo-te!

Hoje mais do que ontem e seguramente  menos do que amanhã

O carinho que eu tenho por ti é uma chama infinita, que jamais se apagara

Que  se realizem todos os teus sonhos (os nossos sonhos)

Brindo  à vida e agradeço ao “destino” por nos ter colocado frente a frente.

És um homem muito especial e eu sinto muito orgulho em ser tua mulher e companheira.

Parabéns!

Afinal, não é todos os dias que se faz anos, não é?

 

escrito por Divine às 10:29

link do post | diz.. | já disse... (3) | se gostas adicionar

Navegadora

Navegadora solitária,

Que para dobrares

Tal cabo,

Adamastor terás de enfrentar.

 

E a chuva,

Nunca pára!

 

Mar inquieto,

Em teus desenhos

O medo

Em teus gritos,

Fantasmas.

 

E o vento,

Nunca pára!

 

Agua sentida, salgada, revolvida

Agua em que buscas a identidade perdida.

 

De rota incerta

Mas intencionalmente dirigida,

O mostro revelasse,  

O monstro aparece.

Negro como fumo,

Impregnado de vivencias.

  

E as feridas

Navegadora,

Frente a ele

Estão expostas.

  

Paira o silêncio,

Na extensão do monstro.

O tempo,

Parou!

 

Entre instantes,

Entre momentos,

Faz de ti uma heroína,

Senhora e dona de ti,

Recupera a morada

Que te habita no peito.

  

Patrícia da Vaza Santos   27/12/2009

 

escrito por Divine às 08:02

link do post | diz.. | já disse... (8) | se gostas adicionar
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

SOL

No início do dia,
Reaqueces o que a noite deixou.
Iluminas,
Onde habita
Habituação presa;
Nasces no movimento da substancia.

Consegues cumprimentar,
Por veres quem é.
Já não é um vulto!
É Pessoa.

O olhar transporta a vida
Pois o peito, fartura carrega.
Que amor!
Bom dia,
SOL.

 

...

Patrícia Santos - 21/12/09

 

escrito por Divine às 10:33

link do post | diz.. | já disse... (9) | se gostas adicionar
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Eu sou

Eu sou….

 aquela que gosta de pensar ,imaginar, e de dizer…

que vagueia por este e outros tempos

que se deixa levar pelas brisas serenas e por mares revoltos

com o olhar virado para o infinito

Eu sou

aquela que chora e ri e sonha..

deambulando em sonhos afagando sentimentos

beijando os dias em devaneios interditos

e horizontes de mistérios

Eu sou

aquela que aconchega na ilusão e sussurra à saudade

que se atropela nas palavras que não teme os silêncios

onde não existem medos intransponíveis

que não sufoca a emoção, e preserva as pequenas coisas da vida

Eu sou…

aquela que tem consciência da ignorância e pequenez

nas  mensagens codificadas da vida

que não  menospreza ou  vulgariza mas que assimila

o que recolhe em palavras sorrisos e momentos

Eu sou…

aquela que, abraça  a vida

orquestra afinada dos nossos dias

com segredos perfumados pelo  vento da imaginação

e sorrisos floridos  com pétalas coloridas

Eu sou…

como os murmúrios da floresta,

as mensagens codificadas e indecifráveis

eterna aprendiz da vida onde tudo é ínfimo

onde o permitido é  conquistado

Eu sou…

Lado a lado .. e sempre serei

Sem precisar que me indiquem o caminho

guardiã de tantos sonhos.. meus e teus

sou quem te chama meu amor

Eu sou…

 

som: eu sou, eu, mulher ,vida
escrito por Divine às 11:24

link do post | diz.. | já disse... (5) | se gostas adicionar
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Palavras perdidas

Habitante  das noites com perfumes do mar

olhar o infinito em oceanos de mistério

  onde  murmúrios do mar entoam pelo firmamento...

acordes de ondas num vai vem

melodias trazidas pelo   vento.

toques de seda pura... salpicos de agua

embalados em doces brisas do mar

sinfonia de cheiros e de sons

escuto  o teu murmúrio que me envolve

em  abraços quentes, transparentes

os teus beijos são melodias

onde me apetece mergulhar, e velejar

 em infinitas lembranças e tempestades de pensamentos

oceanos de mistério onde um dia

eu velejei em ondas meigas de esperança

o  vento desnuda-me ,acalenta-me com carícias

em  devaneios das minhas infinitas lembranças...

turbulentas emoções na tempestade do meu pensamento

com um  simples olhar no  infinito oceano..

tanto mar… tanto céu …e tanto pensar…

 

escrito por Divine às 09:52

link do post | diz.. | já disse... (7) | se gostas adicionar
Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Saudades

.

... Saudade é amar um passado que ainda não passou…

…Tenho saudades…muitas...

 

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Sonho

 

 

Sonhei-te,

o sonho que nunca tinha sonhado.

Esperei-te,

sem saber quem tu eras,

Reconheci-te,

apercebi-me que eras tu

Amei-te

embalada pelas palavras

Abracei-te

num calmo  abraço quente.

Num querer

de quem quer tudo e nada

Cúmplices

de risos ,musica e saudades

Viajantes

de sonhos e momentos

Sonhadores

de um sonho ,que nunca fomos, não estamos, apenas sentimos...

tags: , , ,

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...
Você postou meu texto SOU MULHER como anônimo no s...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds