Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

O tempo


Ah como eu queria que o tempo não passasse.
Ou  ao menos, passasse mais devagar.

Há alguns minutos eu era só uma garotinha, brincava com bonecas e chorava quando caia e esfolava os joelhos.

Diziam-me, tens que ser uma boa menina portar-te bem.

Mas existia sempre alguém para me limpar as lágrimas.


De repente, lá estou eu..uma  adolescente, praticamente adulta. 

Tendo que me preocupar com coisas terríveis, como o que vestir  para sair com os amigos, aquele fim de semana que o meu pai teima em proibir, aquele saída a noite que tem hora marcada para chegar..E a fazer  enormes tempestades em copos de água.

Diziam-me, tens que aprender que a vida não é como tu pensas, ainda não és adulta és pouco mais de uma menina.. 

Existia sempre alguém que me provocava lágrimas.

 

Sei lá quando, ou mesmo o porquê, mas parei para pensar sobre a  adolescência... que  fase difícil! Tantas certezas cheias de dúvidas, de certa forma foram uma delícia!

 

Mas é complicado mesmo é ser adulto sem deixar de ser criança.
É terrível a pressão, e haja pressão...
A família pressiona para ser adulta e deixar de ser  menina e  ter modos ,sim, precisamos ter modos.

Os amigos cobram um comportamento estável. Uma parte da sociedade exige que o comportamento seja mais adulto, o outra acha que nos mostramos  adultos demais.
E a pressão interna….

Dizem-me , ah, vê se cresces e te tornas adulta já têm idade para isso.. deixa de ser sonhadora a vida não é assim.. já não és criança.

Hoje não me provoca lágrimas quem quer.


Mas o que dizer as nossas vontades? 
As nossas vontades..  Alguém faz realmente só  o que nos  faz feliz? Alguém segue exclusivamente as suas vontades?
Por acaso alguém  acha que sabe o que realmente quer da vida para amanhã????
Quantas dúvidas!!!


Infelizmente é assim que as coisas são.
Viver é mesmo assim, apesar das crises e dos dilemas  tentar ser  feliz é complicado porém animado.

Se eu sei o que quero amanhã ? É improvável... Mas viver  é bom... Sim, todos os dias são dias de  aprendizagem.
 

escrito por Divine às 22:20

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Saudades

Pode parecer uma contradição, mas não o é, por vezes, também temos  saudades do futuro. Daquilo que era para ser e não é!

escrito por Divine às 21:28

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Nunca digas adeus

Não gosto da palavra Adeus.
Prefiro um até breve, mesmo que nunca o seja
Há momentos na vida que temos que dizer adeus que pode ser até breve
Por muito que nos custe, um até breve é inevitável
Existe dor na despedida deixamos algo ou alguém que gostamos,
Pouco importam os motivos ..
É inevitável, e como é que aprendemos a viver com isso..
Não gosto da palavra Adeus.

tags: , , ,
escrito por Divine às 23:07

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Sem amanhã

Se me amas de verdade
Não deixes para o dizer depois para o mostrar amanhã.
O depois e o manhã, poderá ser tarde demais.
O momento, o último momento pode ser agora

 

escrito por Divine às 21:33

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Domingo, 7 de Junho de 2009

Uma palavra

Basta uma palavra tua meu amor
e não importa mais nada
não existe mais ninguém além de nós
lembra-te e de tudo o que trocamos
de todas as promessas e desejos
de todas as juras a prazo
de todos os nossos momentos
horas minutos e segundos o tempo
o tempo só nosso que nos amamos
lembraste de nós dos nossos sonhos?
basta uma palavra tua meu amor
e os sonhos não morreram pelo caminho

diz..quebra o silêncio do espaço

 

 

 

escrito por Divine às 23:24

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Despedida

- Vou-me embora, acabou.
Ele olhou-a demoradamente, descrente, como quem não quer perder nada.
- Assim… Não te despedes de mim?
Ele continuou a olhá-la, sem dizer palavra. O que dizer quando o coração nega a partida?
- Vou levar-te comigo para sempre, estas no meu coração e na alma.
Ele não chorou. E quis partir com ela, escondido no fundo da alma e do coração dos dedos ou nas palmas das suas mãos. Dedos e mãos que tantas palavras escreveram tanto disseram
Olhava as letras escritas e parece que queimam que se incendiavam.
E ele olhou mais uma vez. Como se fosse a última. E era mesmo.
 

escrito por Divine às 21:29

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Dá-me um sinal

 

Dá-me um sinal, apenas um sinal.

Dá-me um sinal p`ra voltar ...

Dá-me o sinal, que seja real

Sim, dá-me um sinal, uma prova real ..

Dá-me um sinal p`ra voltar ... 

Dá-me um sinal de ti..

 

escrito por Divine às 00:32

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Sábado, 6 de Junho de 2009

Então diz-me, alguma vez amaste realmente uma mulher?

 

Para realmente amar uma mulher,
Para compreendê-la,
 Tens de a conhecer bem por dentro...
Ouvir cada pensamento,
Ver todos os sonhos,
E dá-lhe asas quando ela quiser voar.
E quando estiveres desarmado nos braços dela...
Saberás que realmente a amas...

 

Então diz-me, alguma vez amaste realmente uma mulher?

  
Quando  amares uma mulher..
Dizes-lhe que ela  é realmente querida, desejada... 
Quando  amares uma mulher...
Dizes-lhe que ela é a tal “especial”
Ela precisa de alguém que lhe diga que vai durar para sempre


Então diz-me, alguma vez amaste realmente uma mulher?


Para realmente amar uma mulher,
Deixa-a abraçar-te até saberes como ela precisa “deseja” ser tocada....
Tens de a respirar... admira-la ..
Até que a sintas no teu sangue  ..
E quando vires uma criança nos seus olhos...
Saberás que realmente a amas essa mulher

 

Então diz-me, alguma vez amaste realmente uma mulher?

  

Para realmente amar uma mulher.
Tens de lhe demonstrar alguma fé...
Abraçá-la com força, mas com ternura...
Tens de a tratar bem...
Ela estará lá quando precisares para cuidar de ti
Mas tens que saber amar essa mulher

 

Então diz-me, alguma vez amaste realmente uma mulher?

 

 E quando estiveres deitado indefeso nos braços dela,
 vais saber se realmente o que é amar uma mulher…

 

Agora diz-me... Alguma vez amaste realmente uma mulher?

 

(tradução há minha moda)


 

tags: , , ,
escrito por Divine às 23:51

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar

Distâncias do tempo

Não existem ausências senão aquelas que nos impomos.

Não existem distâncias senão aquelas que criamos.

Mas o tempo é diferente, cada um tem o seu. O tempo é o que cada um de nós fizer dele.

O meu é fruto verde que colhi antes que amadurecesse e caísse e deixasse nódoas que me marquem para sempre.
Gostava de um dia não me impusesse ausências, não criasse distâncias não me preocupar com nódoa alguma e deixar que o tempo fizesse de mim o que quisesse, sem que eu ditasse regras de composição imposição ou criação.

O tempo é o que cada um de nós fizer dele

escrito por Divine às 21:26

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Hora das escolhas

A vida é feita de momentos, encontros e desencontros.
E nesse silêncio dos desencontros a terra gira e a vida não para.
Na vida, todos têm uma chance para amar e ser amado, todos! Mas nem todos sabem optar ou fazer a melhor escolha.
Uns, não perdem as oportunidades que lhe são oferecidas, esquecem o medo, a vergonha, a timidez e lutam pelo que querem!
Outros andam na direcção errada
A decisão de ter certeza de que se escolhe o caminho errado é mil vezes pior do que arriscar num caso de dúvida.
Quando tomamos a decisão de fingir que todas as coisas que  amávamos e acreditávamos não eram verdadeiras, mas sim ilusão dos nossos sonhos,não é sensata a decisão, é própria dos medíocres.
Quase sempre a maior ou menor felicidade depende do grau de decisão de ser feliz.
 

escrito por Divine às 20:51

link do post | diz.. | se gostas adicionar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub