Sábado, 20 de Junho de 2009

Escrevo.

O orvalho e a Papoula

 Viver é para mim um verbo contínuo e fundamental assim como respirar e amar.
Assim sou eu..amo e vivo
E por isso escrevo.

 

escrito por Divine às 22:23

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar

Quando o calor aperta

A  agua Esta  em  tudo   
 

O  calor aperta

a sede desperta

quero abraços frescos

a tua companhia refrescante

água isenta de calorias e compostos indesejados

 

 

escrito por Divine às 21:18

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Hoje

Hoje procurei-me no sol que brilha lá fora.

tentei encontrar o meu rosto no ar, nas pessoas que passavam
nas flores e até nas letras do alfabeto no S de sorrisos quedei

ouvir o meu riso na música que sempre me acompanha.  

o O de olhares,parei para ver as crianças no jardim e pensei ver-me sentada num baloiço

o A de aromas que a brisa trouxesse o meu cheiro de menina com P de pés descalços na relva, F de franca alegria que sinto
hoje procurei-me em todos os sítios
tentei ver-te em todos os locais e acabei por encontrar-me

Em mim.,como sempre.

 


 

tags: , , ,
escrito por Divine às 23:31

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Saudades!

Saudades!
É uma espécie de lembrança nostálgica, lembrança carinhosa uma pessoa especial que está ausente acompanhado de um desejo de revê-lo ou possui-lo.
És um dos motivos do meu sorrir todos os dias
Vou sentir saudade das palavras mesmo quando não falamos  nada...
Vou sentir saudade...de ti!


 

escrito por Divine às 16:25

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Tu

 

  

 Tu
És perfeito para mim
Livre simples e solto ..
Incomoda-me a tua facilidade
Tenho receio da tua franqueza
Medo de não conseguir ser..
Fazes tudo parecer tão simples
Fácil, descartável …
Incomodo, receio, medo..
Tu sabes, não sei ser assim…
 

 

tags: , , ,
escrito por Divine às 22:47

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Perfumes

Aqui, de onde estou, vejo o universo calado envolto em perfumes, sob a luz ténue que entra pela janela.
A tranquilidade da noite que chega de mansinho que nos envolve deixando as almas despertas e os corpos relaxados.
O calor que teima em ficar para cá da janela na noite cada vez mais escura que envolve o quarto.
Este é um momento de paz, tranquilidade e calma.
Tu, no outro lado desta linha invisível que nos une sentes a minha presença
O ar que inalas não é neutro, carrega com ele o meu perfume, que  me leva para junto de ti, a cada inspiração.
Chamas-me em silêncio , e eu vou, como uma gota refrescante deste líquido que nos dá vida.

 

escrito por Divine às 21:19

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

No meio de outros tantos .

Na verdade nem eu sei quem sou..

Olho-me ao espelho , de frente de lado repuxo o cabelo e faço caretas.. sorrio para ela, a outra que esta ali. E ela sorria de volta  , mas noto que está diferente… segura de si, irritantemente segura, parece que já  passaram alguns anos por ela. E por mim??

Continuo igual, geograficamente deslocada só estou bem onde não estou . Sonhadora inconstante e realisticamente teimosa. Completamente lúcida e realista com os meus momentos de loucura. Assim sou eu. .! Pouco me importa o que pensam de mim, ninguém me conhece porque na verdade nem eu sei quem sou..

Talvez aquela que esta do outro lado  do espelho, uma mulher séria com ar calmo e que todos julgam competente ou a outra... A  sonhadora, realista, louca, lúcida, menina, mulher..  Mas o que importa quem sou?

Na verdade nem eu sei quem sou.. Mais uma pessoa no meio da multidão que passa e ninguém vê …

Um nome..  um rosto, só mais um rosto  no meio de outros tantos .

 

tags: , ,
escrito por Divine às 00:13

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Ilusão

distancia

Vidas, amores, afectos

Como somos cegos voláteis

Que cegueira enorme é esta

Que nos impede de viver o amor

Que estupidez tamanha

que nos faz negar o óbvio

Ah! Como perdemos oportunidades

Mas que infinita distância essa

 Formam passos e passos

Vidas entrelaçadas, paralelas

Que se cruzam nas linhas das nossas mãos

À distância ínfima de uma palavra

Mas que infinita distância essa

As tuas palavras e as minhas

Que deixamos soltas ao vento

Que se perdem no tempo

De uma doce ilusão..

 

escrito por Divine às 23:02

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Não sei nada

Não sei nada
e nada quer saber e assim quero permanecer
para quê saber de insignificâncias..
moral bons costumes
ou padrões convencionais?
louca dizem-me eles…
será que há maldade na loucura?
ou a vida sem loucura seria triste..
os lúcidos não mais felizes?
o que é a lucidez??
não sei nada,
mas tenho tanta coisa bonita para ver
a própria vida, tão bela
cheia de cores faz com que
a cada dia seja um dia diferente
olhamos o sol que brilha
o mar as estrelas que se renovam todos os dias
e a lua que enfeita a noite
louca... tenho uma vida de louca alegria
não sei  nada ..
mas  nada é mais belo
que respirar a riqueza de poder viver..

 

escrito por Divine às 21:21

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Eu sei que tu estás aí

Eu sei que tu  estás aí
Podes estar por estar, estar por mero acaso mas neste momento estás!
Sabes, se eu não comunicasse não existia, é a sensação que tenho .
Na minha vida , na  de todos nós  acontecem coisas..momentos, existências..
Que eu  teimo e guardar adaptar e escrever .
Eu sei que tu que estás aí , sim neste momento é para ti que escrevo..
As vezes, quando  me sinto cansada e perdida no caminho ou numa encruzilhada da vida, escrevo .
Quantas vezes transformamos a utopia em verdade  o  sonho em realidade..
A magia das palavras é sempre verdadeira mesmo que sejam só palavras..
Para ti, e para todas as pessoas que passam e levam alguma coisa ..
Eu sei que tu estás aí , sim neste momento é para ti que escrevo..

Eu sei que estás aí..

 


 

escrito por Divine às 22:28

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar
eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds