Domingo, 14 de Dezembro de 2008

Que sabes tu de mim?

 

Que sabes tu de mim?
Das palavras que te são dirigidas? ...
Palavras que teimas em não ler
Que sabes tu de mim?
Das lágrimas que chorei
Das noites acordada
Que sabes tu de mim?
Das lutas e das vitórias
Dos sofrimentos e alegrias
Das novas experiências
Conquistadas a cada dia
Que sabes tu de mim?
Cada erro cada acerto
O meu começo e meu fim
O meu pensar, o meu amar..
Tu não me conheces ,que sabes tudo de mim?
Mesmo que tu chegues ao mais profundo de mim e lá me encontrares.
Tu não me vês..
Que sabes tu de mim?
Tu não me conheces que sabes tudo de mim”.
Estou aqui, nas palavras que teimas em não ler.
 

escrito por Divine às 23:16

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Eu vou dizer!!

- Gosto de ti!
- Diz-me de forma que eu entenda..
“Gosto e preciso de ti,
mas quero logo explicar,
não gosto porque preciso.
Preciso sim, por gostar.”

 

 

escrito por Divine às 22:31

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Beijo

Um beijo não é só um beijo..
Um beijo é mágico...!!!

Porque um beijo é algo muito perto de um milagre, e milagres demoram para se alcançar. Porque não basta fazer promessas, primeiro deve-se acreditar, e isso é fé.

O beijo é parecido, porque não é só um lábio no outro, duas línguas que se tocam, mas sim quando esse encontro acontece e então a gente sente como se todas as estrelas do céu estivessem a cair na nossa boca a derreter-se na nossa garganta.

Beijos, milagres, magia estrelas, são como aquelas cadentes que a gente vê raras vezes e que se pode fazer um pedido (os milagres que desejamos) enquanto dura o pequeno espaço de sua existência.

 

tags: , , ,
escrito por Divine às 22:11

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Quase um poema de amor

  

Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!
A nossa natureza
Lusitana
Tem essa humana
Graça
Feiticeira
De tornar de cristal
A mais sentimental
E baça
Bebedeira.

Mas ou seja que vou envelhecendo
E ninguém me deseje apaixonado,
Ou que a antiga paixão
Me mantenha calado
O coração
Num íntimo pudor,
--- Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor


Quase um poema de amor - Miguel Torga
 

 

escrito por Divine às 21:48

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Feliz Natal

Este Natal;
Festeja o prazer de cada conquista
e o aprendizado de cada derrota!
Festeja por estares aqui!
Festeja a esperança o amor, no amanhã!
Festeje a Vida!

 

Feliz Natal

E desejo-vos
Um NOVO ANO pleno de afectos verdadeiros!

 

escrito por Divine às 15:22

link do post | diz.. | já disse... (3) | se gostas adicionar

Sabedoria

Um velho índio descreveu, certa vez,
seus conflitos internos:
- Dentro de mim existem dois cachorros :
um deles é cruel é mau,
o outro é muito bom e dócil.
Os dois estão em guerra...
Quando, então, lhe
perguntaram qual dos cachorros
ganharia a briga,
o sábio índio parou, refletiu e respondeu:
" Aquele que eu alimentar... "

escrito por Divine às 00:58

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar
Sábado, 13 de Dezembro de 2008

Amor eterno

Só o título já faz sorrir os cépticos.

“Dois amantes ditosos não têm fim nem morte,
nascem e morrem muitas vezes enquanto vivem,
são eternos como a natureza”

 

(Pablo Neruda, Cem sonetos de amor)

 

Nunca acreditei que o amor pudesse ser eterno. Sempre precisei que o fosse.

É compreensível isto?

 

 

escrito por Divine às 23:58

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar

Penso em ti

Penso em ti e inquieta-me o pensamento
Porque havias de aparecer assim, tarde de mais?
Bem que eu tinha há muito um pressentimento
Há sempre um desespero um sofrimento um momento
Desejava ter o poder de fazer a vida andar para trás
Nesse instante imagino o que teria sido
O que teria sido e não foi
Não há nada entre nós, nada..
Na verdade há uma vida que me chama e me prende!..
As vezes imagino que estas aqui ao meu lado
Dás-me a mão, e eu entrego-te vencida a minha alma
E com ela todo o meu amor
O nosso destino

 

escrito por Divine às 23:33

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Escrevo apenas

Escrevo apenas ...

Desculpa-me os erros
Não finjo ou minto
Apenas escrevo...
Talvez tu não leias
Ou talvez sim e não entendas
Não é inútil o desfilar de emoções
São sensações sentidas
Eu simplesmente sinto
E sonho, sonhos interrompidos
No lapso indeciso e constante
Com interrogações
Com a imaginação.
Chama de vida
Tudo o que sonho e penso
Escrevo apenas ...

 

escrito por Divine às 22:31

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

Um dia… acabou o dia!

Um dia disseste-me que podias ser tu, tu ai desse lado;
Um dia disseste-me que podia ser eu, eu aqui deste lado;
Um dia trocamos palavras que nos pareceram tão familiares;
Um dia falamos deles, dos nossos dos meus, dos teus, desejo de ser;
Um dia falaste que desejavas que fosse eu;
Um dia eu quis dizer que estavas certo, era eu;

Um dia escondi-me, não tive coragem para te dizer que era eu ;
Um dia… acabou o dia!
Acabou o tu e eu!

Um dia eu esperei..

 

Um dia, hoje, e pela primeira vez; deixo-te a ti, um pedacinho de alma!
(Para ti, gostava que um dia pudesses ler isto)

escrito por Divine às 22:38

link do post | diz.. | se gostas adicionar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub