Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

E a ti?

"Eu sei viver sem ti... "

 
...mas não me apetece mesmo nada.... E a ti?

 

tags: , , ,
escrito por Divine às 22:11

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar

Há lábios

 

Há lábios no corpo das palavras.
Por eles o encontro possível,
Promissor, entre cálido e húmido,
Fogoso das palavras trocadas
Pelos lábios da fantasia.
Evolam sussurros, ténues, suaves,
Pelo colo silabar dos cálidos lábios
A que me consagro, corpo ardente.
Bocas cruzadas, leve seda,
Sonho ou criação.
Palavras trocadas, toques de ternura,
Meigos beijos, onde ululam seios,
Ardentes e intensos ventres das palavras
Que perturbam, atordoam, enlouquecem
Pela aproximação que avassala.
Na conquista do corpo das palavras,
Procuro-o na noite dos sentidos,
Construo-o com sílabas da tua imagem,
Com o sorriso das tuas palavras,
Com os sons da minha imaginação

escrito por Divine às 08:35

link do post | diz.. | já disse... (8) | se gostas adicionar

In-coerências

Não me venhas falar de razão, nem de lógica muito menos de coerência.

Dos meus sentimentos dos meus fantasmas, dos medos e das incertezas.

Não tentes compara-los com nada.. Nem contigo!

Sinto-me condicionada.

Tu esperas explicações. Exiges e perguntas.. Sinto-me com prazo com hora e data marcada.

Eu tenho as minhas próprias limitações. Reconheço, mas delas sei eu.

Sou movida pela emoção e pela paixão. E que mal pode ter isso??

As minhas dúvidas açoitam-me e deixam cicatrizes mas não me matam.

Sou profunda, intensa e passional em tudo o que faço. E tu não me entendes e eu já não me entendo.

Eu sou aquela mulher a quem o tempo muito ensinou.

Ensinou a amar a vida não desistir da luta, recomeçar na derrota, renunciar a palavras pensamentos negativos, acreditar nos valores humanos e ser optimista e a poder sobreviver sem ti.

 

escrito por Divine às 00:11

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

Ausência

 

Já não tenho mais palavras meu amor
Só me restam lágrimas e suspiros de saudade
Recordações e memórias de ti
A tua ausência não me mata mas faz doer
Uma dor que me sufoca e alucina
Fico perdida nos meus pensamentos
Resgato na memória momentos de ti
No calendário conto os dias
Risco a risco vou marcando, dia após dia
Como prisioneira na teia do teu amor.
O relógio na parede bate as horas
Horas que se arrastam, minutos que parecem dias
 E os segundos longos e melancólicos.
Já não tenho mais palavras meu amor
Só pensamentos infinitos e saudade de ti
 

escrito por Divine às 15:29

link do post | diz.. | já disse... (8) | se gostas adicionar
Terça-feira, 5 de Agosto de 2008

Amo-te

Amar...
Quero fazer do dia de hoje o dia das minhas declarações de amor.
Vou esquecer, definitivamente, todas as minhas dúvidas e todos os meus conflitos,

para poder fazer de hoje o dia do amor.
Quero olhar para quem amo e dizer com palavras, com os olhos e com o coração:

 "Amo-te".
Quero dizer isso a todos os que os que aprendi a amar.

Sem distinção alguma de sexo, parentesco, amizade, coleguismo, vizinhança; enfim, sem nenhuma limitação ou condição; apenas com a sinceridade do meu sentimento.
Quero dizer a todos eles:

Amo-te
 

desconhecido

tags: , , ,
escrito por Divine às 22:22

link do post | diz.. | já disse... (9) | se gostas adicionar
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Hoje apetece-me falar de saudade.

 

Hoje apetece-me falar de saudade, não sei porque mas sei que me apetece..


Dizem que a palavra saudade é quase exclusiva da língua portuguesa, saudade é nostalgia é uma lembrança carinhosa de alguém especial que está ausente ou que partiu, também se pode ter saudade de um bem ou de um “tempo” saudade pode englobar tantas coisas..


Saudades pode ser uma mistura de sentimentos, de amor, amizade, perda, dor sei lá.. Hoje tenho saudades, nem sei de que mas tenho.


Saudades do tempo em que sonhava com o “hoje” que tinha objectivos para cumprir, metas que me propus a mim mesma, lembro-me que comprar a casa ( x) e o carro (y) eram uma das minhas/nossas .. Metas, e as primeiras férias fora do pais… era quase um sonho.


Também tinha metade da idade que tenho hoje, mas tenho saudades de sonhar com o “hoje”


Saudades de alguém que não conversamos há imenso tempo, o Rui… tantas conversas, horas e horas que conversamos, rimos, choramos, falamos de tudo…lembro-me quanto a opinião do Rui era importante, era das primeiras pessoas com quem falava quando tinha duvidas, um amigo de verdade, que saudades das nossas conversas que se foram perdendo no tempo.


Saudades da Isa que já não vejo a imenso tempo, o tempo pode trazer saudades podemos falar todas as semanas por telefone e ate pela internet mas faz-me falta matar saudades fisicamente. New York não é propriamente ali ao virar da esquina… a próxima visita tem que ser tua, (deves-me uma).


Saudades da nossa primeira viagem, porque? Porque fomos felizes, éramos dois miúdos, tudo era novo, um admirável mundo novo.


Saudades do amor, do tempo em que nada tinha importância o facto de estarmos juntos apagava qualquer dúvida, tantas certezas, tantas…, nós: vamos fazer, ter, conseguir, alcançar nunca existia margem para dúvidas.


Saudades do amor cego sem dúvidas. Saudades de não notar os teus defeitos nem tu os meus, ou, se existiam eram pormenores sem a mínima importância que até lhes achávamos graça.


Saudades de mim….Que me perdi algures numa curva qualquer do nosso caminho, saudades de ti, que também cresceste em outras direcções. Mas a vida é mesmo assim não é? Saudades do tempo que discutíamos e era bom fazer as pazes, saudades, saudades, saudades…

 

Saudades dos teus bilhetinhos deixados ao acaso pela casa.

“Veste uma roupa que eu nunca vi, um perfume que nunca senti e vem encontra-me no sítio tal…..”

 

Onde foi que deixamos ficar aqueles dois sonhadores?


Raiva da tua passividade que não me consigas ver... Ver como realmente sou e não como me imaginas, e não te apercebes de como tudo nos pode fugir por entre os dedos.


Saudades do que ainda quero viver, quero sonhar, errar, cair para me voltar a levantar, saudades do que ainda vamos viver juntos (porque acredito nisso), namorar, amar…


Saudades escondidas no armário no meio de roupas velhas
Saudades de viver

 

 

Já tinha escrito isto há algum tempo num outro lado... Hoje deu-me saudades.

"este é pessoal"

 

Procurei em mim

Hoje procurei-me no sol que brilha lá fora.
Tentei encontrar o meu rosto no ar, nas pessoas que passavam
Nas flores e até nos sorrisos dos outros.
Ouvi o meu riso uma música que sempre me acompanha.
Parei para ver as crianças no jardim e pensei ver-me sentada num baloiço os aromas que a brisa me devolveu o meu cheiro de menina com os de pés descalços na relva.

A correria a gargalhada o choro dos joelhos esmurrados
A franca alegria que sinto eleva-me em sonhos.
Procuro-me em todos os sonhos em todas as palavras em todos os sorrisos.
Hoje procurei-me em todos os sítios em todos os locais em todos os rostos
Menina e mulher... Tantas vezes uma menina assustada, outras tantas uma mulher destemida. Mas bem  no fundo sempre menina

Tentei ver-me como uma aprendiz da vida que procura e acaba por se encontrar
Em mim! Como sempre.

Menina mulher grande ou  pequena mulher crescida
 

Domingo, 3 de Agosto de 2008

Momentos de silêncio

As melhores frases de amor são ditas no silêncio de um olhar mas.. Nem sempre esse olhar esta presente!  Por vezes as palavras são raras e  o olhar perde-se no tempo . Ficamos perdidos na imensidão do pensamento.

Há momentos na vida em que nos devemos calar e deixar que o silêncio fale por nós.
Há sentimentos que são linguagem universal emoções que as palavras não sabem traduzir..."
Há momentos que nos perseguem e que teimamos em deixar guardados quietos abandonados no coração
 

 

Que amor é este?

Há Momentos como este
Que me pergunto que amor é este
Que me deixa carente
Um silencio que me maltrata
Que me intranquila e alucina
Um amor infinito de puro desatino
Um amor feito de pequenas coisas
Feito de palavras desejos e saudade
De abandono sensações e emoções
Um amor sem reserva, disfarce, cúmplice
Um amor de partilha do tempo e do espaço
Um amor sem perguntas nem respostas
Onde me pergunto como pude perder-te
A minha voz procura o seu próprio lamento
.......A tu falta..
Que amor é este?
Simplesmente amor
 

tags: , , ,
Sábado, 2 de Agosto de 2008

Direcções

"Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?
Isso depende muito de para onde queres ir - respondeu o gato.
Preocupa-me pouco aonde ir - disse Alice.
Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas - replicou o gato."

(Lewis Carroll)

Mudar..

Apetece-me mudar  ir mudando devagar..

Devagar... porque a direcção é muito mais importante do que a velocidade

É importante saber para onde se quer ir.

Descobrir para nos descobrir-mos.

"Porque a  vida não passa de um profundo desconhecimento, de um mistério... E quando a começar a compreender, morrerei..." 

Mas o aliciante da vida é que ela é um verdadeiro enigma e isso é fascinante. 

 

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub