Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Desamores

Sabes quanta vezes já comecei a escrever estas palavras..?

Muitas, tantas, mas tantas que já duvido até se as quero escrever

Olho à minha volta, a estrelícia da jarra parece que se ri de mim

…..Até o quadro..

Aquele óleo de ar sóbrio parece que me olha com ar de pouco caso..

Notei a troca de olhares entre o pierrot e a velha preta que esta na entrada da sala.

Sim até eles me fazem vacilar e duvidar de mim própria

Todas as palavras são poucas existem coisas que não tem explicação.

Eu gosto de ti eu gostei de ti posso mesmo dizer que te amei, mas acabou.

Não, não brinquei com os teus sentimentos.

Não, não foi perda de tempo.

Não, não te menti.

Todas as vezes que te falei dos meus sentimentos eram sentidos.

O erro é meu nunca teu.

Descobri que não sei amar!

Na minha vida ..

O amor passa chega e parte não sei amar!

Morre pouco e pouco como uma planta sem água .

Uma planta que  é plantada mas esquecida de ser mudada. De que adianta regar se o amor é como as plantas mesmo as mais belas precisam na altura certa de novas mudas..

Eu sei que amo demais mas da maneira errada.

Não sei amar de outra maneira!

Mas esta não é a forma certa de amar.

Eu sou verdadeira só sei ser como sou.

Dizem que para manter um amor há que lutar, subjugar Superar, dominar...

E eu não sei amar assim!

Sei apenas demonstrar que penso em ti não peço mais do que te dou.

Mas sei que é pedir demais... Mas não sei amar de outra maneira.

E quando finalmente percebo que o desengano se enganou e me enganou.

Vivo solitária fechada em mim na minha loucura na minha paixão.

Não existe só amores eternos existem desamores eternos..

Na minha solidão não busco outro amor vivo sem saber amar.

É tão difícil dizer adeus e mais difícil ainda dizer-te cara a cara que o encanto acabou.

Meu querido amigo..

 

Terça-feira, 1 de Julho de 2008

Porque?

                                                                                                freedom.jpg

- Porque choras?
- Porque não sou livre 

- Vês aquele azul lá longe?... é o mar  

- Vês este azul que nos envolve?... é  o  céu 

-Sentes este vento que nos despenteia?  

- É a liberdade...

- Ontem menti-te!
-Quando me perguntaste se te amava acima de todas as coisas, eu disse que sim
- Menti-te!
 Amo a liberdade .... 

- Sou eu?... Sou eu quem te tira a liberdade?

- Não, não és tu... é a "vida"

 

"Na verdade todos somos livres até que algo demonstre o contrário"
 

escrito por Divine às 21:37

link do post | diz.. | já disse... (5) | se gostas adicionar

Saudades

Subitamente sinto saudades 

Saudades do que nunca fomos 

Das mãos dadas que nunca demos 

Dos abraços nunca sentidos 

Dos beijos nunca saboreados 

Do amor que nunca fizemos

Subitamente as ruas ficaram vazias  

Cheias de amantes, de namorados  

Silhuetas, risos, cumplicidades  

Saudades

escrito por Divine às 19:20

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar

Impossíveis

Talvez...
só me interesse
por coisas  impossíveis

amores impossiveis

sonhos impossiveis
porque sendo impossíveis
não há perigo
de acontecerem ...

 

escrito por Divine às 12:20

link do post | diz.. | se gostas adicionar

Alguém..

 

O que somos nós?!
Alguém..
Não queria ser ninguém
Já chorei e já me apaixonei
Amei e fui amada
Já vivi de amor e fiz juras eternas
O anonimato, sei, que me fica bem!
Passo Pela Vida
O invisível é minha cor favorita
Não queria ter para onde ir
Ou que fazer
Já fiz coisas por impulso
Já fiz erros quase imperdoáveis
Já tive medo
Nem sequer queria um nome,
Mas tenho-o ...
Tantas coisas que não queria ter
E tenho!
Mas tudo o que tenho
É na realidade a prova mais ampla
De tudo o que me falta
Eu não sou ninguém, eu sou parte de um mundo e todo mundo é meu também.
 
 

escrito por Divine às 11:01

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar
eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds