Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Paixão

 

Quem é que nunca se apaixonou pelo amor? Sim, falo de amor do espírito do clima.

Erradamente acreditamos que estamos apaixonados por uma determinada pessoa.

É possível confundir o amor com a paixão dos primeiros momentos, que inevitavelmente pode desaparecer...
Vivemos em verdadeiro está de paixão por tudo e por nada.

Temos necessidade de nos apaixonar e a vida pode ser ser completamente traiçoeira.
O verdadeiro amor nasce do carinho cresce na medida em que os dois estão mais unidos, porque partilham mais.

Mas para partilhar é preciso dar.

Dar é a chave do amor. Amor significa sempre entrega, dar-se ao outro. Só pela partilha se conserva um verdadeiro  amor ,.

Juntos aprendemos   a passar ao lado de alguns defeitos, a perdoar uma e outra vez, a não devolver o mal por vingança, A não dar importância a uma frase desagradável, etc.

Porque  amor também significa exceder-se, fazer mais do que é devido.

E a paixão?

....Metade dos nossos erros na vida nascem do facto agirmos por paixão não com o coração ...
Mas quem consegue resistir a uma paixão ...?


 

escrito por Divine às 15:49

link do post | diz.. | se gostas adicionar

"Fazes-me Falta"

"Prefiro esquecer, esquecer-te até se preciso for, para viver como tu vivias, apreciando cada momento - sobretudo os dolorosos, pela lucidez que trazem como bónus - desta tão precária maravilha a que chamamos existência. Tantas vezes te aconselhei as virtudes do silêncio. Queria calar-te para te proteger, sim. Há poucas pessoas apetrechadas para a verdade - mesmo nós, quantas vezes não fechámos à chave umas verdadezitas mais cortabtes para não nos magoarmos? Creio que me fazes - schiuuu! - assim, com uma vagar de embalo, sempre que a voz da minha consciência ( seja lá isso o que for) sobe o tom para me acusar pelo que não te dei. Creio sem crer, como um condenado. Afinal de contas, não tenho nada a perder. Mesmo que os anjos não existam, as asas com que te vejo, sentada na beira da minha cama, do cume enlouquecendo da minha insónia, ficam-te melhor do que todas as toilettes. Esforço a imaginação, estendo-a até aos teus dedos, mas não consigo mais do que um ligeiro raçagar de asas. São lençóis que agito, bem sei - mas não me concederás a graça de transformar a fímbria do meu lençol na ponta dos teus dedos?"

 

"Excerto do livro de Inês Pedrosa, Fazes-me Falta"

escrito por Divine às 11:47

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar
Quinta-feira, 12 de Junho de 2008

Jogo da vida

 

 

 

Nós brincamos levamos as coisas ou tentamos levar  de forma ligeira mas será que pensamos realmente nas consequências? Olhamos para o lado e é uma espécie de acordar e vemos que deixamos fugir coisas importantes por entre os dedos… A final estavam tudo ao alcance da nossa mão. Estiquei demasiado a corda que infelizmente  rebentou..O que fazer quando se perde um bem valioso por culpa nossa por receio por preconceito por medo de viver…? Sinto-me num jogo do qual sai perdedora, joguei e perdi. A ultima palavra que queria dizer era adeus mas é a única possível .Adeus até sempre…

 

 

escrito por Divine às 23:17

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

The Story

All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
I climbed across the mountain tops
Swam all across the ocean blue
I crossed all the lines and I broke all the rules
But baby I broke them all for you
Because even when I was flat broke
You made me feel like a million bucks
You do
I was made for you
You see the smile that's on my mouth
It's hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what
I've been through like you do
And I was made for you...
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
 

Autor :
tags: , ,
escrito por Divine às 22:58

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Malmequer muito pouco ou nada

Quem é que por brincadeira nunca agarrou num malmequer e o foi desfolhando?

Pétala a pétala, na expectativa do que nos calhava.

Malmequer muito pouco ou nada...

Um sorriso no rosto pureza, felicidade, inocência, ou brincadeira de criança...;
Momentos simples de pura magia.
A vida nem sempre dá bem -me-quer não importa quantas pétalas arranquemos mas podemos perfuma-la com carinho amor e serenidade e sorrir porque os problemas não estão na vida mas em nós.
Gostaria de poder encher a tua vida só com pétalas de bem-me quer com perfumes e sorrisos porque a vida é feita de pétalas nem sempre de bem-me -quer mas podemos altera-la

escrito por Divine às 16:25

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar
Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Odeio-te!

 

Existem pessoas que tem a sensibilidade de um elefante…

Hoje não fales comigo

Hoje não me ofereças flores

Hoje não existo para ti.. 

Sim... Odeio-te! Mas porque te amo...

 

escrito por Divine às 23:48

link do post | diz.. | se gostas adicionar
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Eu

Há alturas em que aquilo que digo, por mais fortes que sejam as palavras, é tão pequenino para descrever aquilo que realmente sinto.

escrito por Divine às 15:59

link do post | diz.. | já disse... (2) | se gostas adicionar

Na hora da minha morte

 

Eram 6h da tarde, a chuva caía e tudo me fazia lembrar de ti!.

Um relâmpago clareou o meu quarto e  fez-me lembrar dos teus lindos olhos.

Fui ate a janela e vi os pingos de chuva a correr sobre as ruas, assim como as lágrimas corriam sobre a minha face.

Deitei-me e cheguei à conclusão de que teria de te esquecer. Mas Como? Com que forças? Perguntas que só tu poderias responder-me... O telefone tocou, fui atender.

A voz era idêntica à tua. Eu tremia. Que pena! Não eras tu! Era engano meu. Senti a necessidade de sair e deixar a chuva cair sobre o  meu rosto. Andei muito.

Der repente, vi-te com outra!! Acenas-te eu já não tinha mais forças para caminhar.

Agora a chuva já se misturava com as minhas lágrimas pois eu sofria muito em ver-te com outra bem ali na minha frente..

Tive vontade de me jogar debaixo de um carro e assim fiz! Estendida no chão, vi muitas pessoas ao meu redor.

E vi-te também a ti, correndo para me ver morrer.

As últimas e mais bonitas palavras que eu queria ouvir, tu não me tinhas  dito..

Vi que choravas.- Por que fizeste isso?

E agora, o que vai ser de mim sem ti?

Amo-te dizes-me tu!!!

Era tarde demais para dizer isso, mas de qualquer forma, só me resta agradecer por me teres feito feliz ao menos uma vez na vida:

Na hora da minha morte

(Obg Rui)

escrito por Divine às 14:18

link do post | diz.. | já disse... (6) | se gostas adicionar
Domingo, 8 de Junho de 2008

Palavras minhas

O que se passa?
Se cada passo nós afasta,
Como falar se me faltam as palavras?
Chorar? Já derramei as minhas ultimas lágrimas,
Como te posso esquecer, se fazes parte da minha alma,
Ainda te amo?
Sem ti sou incompleta,
Uma busca incerta,
Adormeço e estás nos meus sonhos
O teu sorriso o teu olhar até o teu abraço
E o dia amanhece de novo
E tu continuas lá mesmo acordada
Dono do meu coração
Devolve-me o  meu amor,
Preciso de meu coração,
Preciso de me entender

escrito por Divine às 22:50

link do post | diz.. | já disse... (5) | se gostas adicionar

Quase um poema de amor


Quase um poema de amor

Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!
A nossa natureza
Lusitana
Tem essa humana
Graça
Feiticeira
De tornar de cristal
A mais sentimental
E baça
Bebedeira.

Mas ou seja que vou envelhecendo
E ninguém me deseje apaixonado,
Ou que a antiga paixão
Me mantenha calado
O coração
Num íntimo pudor,
--- Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor

                Miguel Torga
escrito por Divine às 13:00

link do post | diz.. | já disse... (4) | se gostas adicionar
eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds