Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Navegadora

Navegadora solitária,

Que para dobrares

Tal cabo,

Adamastor terás de enfrentar.

 

E a chuva,

Nunca pára!

 

Mar inquieto,

Em teus desenhos

O medo

Em teus gritos,

Fantasmas.

 

E o vento,

Nunca pára!

 

Agua sentida, salgada, revolvida

Agua em que buscas a identidade perdida.

 

De rota incerta

Mas intencionalmente dirigida,

O mostro revelasse,  

O monstro aparece.

Negro como fumo,

Impregnado de vivencias.

  

E as feridas

Navegadora,

Frente a ele

Estão expostas.

  

Paira o silêncio,

Na extensão do monstro.

O tempo,

Parou!

 

Entre instantes,

Entre momentos,

Faz de ti uma heroína,

Senhora e dona de ti,

Recupera a morada

Que te habita no peito.

  

Patrícia da Vaza Santos   27/12/2009

 

escrito por Divine às 08:02

link do post | se gostas adicionar
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links


.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds