Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

Amo-te quando não te amo

Eu tentei analisa ver se encontrava lógica
Olhei e voltei a olhar, imaginei situações
Pensei nos prós e nos contras no ter e no perder
Pensei em ti , em nós, imaginei o amor
Peguei papel e caneta, cruzei letras fiz palavras
Palavras que têm asas , silêncios com muitos sons
Parei para analisar o amor por vários ângulos 
Quente  como o fogo, tórrido como o sol de verão 
Gélido como as mais longas e frias noite do deserto
Saberás tu que te amo e não te amo…
Que o amor é isto, um querer sem querer
Um desejo de ter ..
O meu amor é assim, como um destino incerto
Um amor que analisei por te amar
Por isso amo-te quando não te amo
E por isso amo-te quando te amo.
 

tags: , ,
escrito por Divine às 10:45

link do post | diz.. | se gostas adicionar
10 comentários:
De B. a 5 de Agosto de 2009 às 23:01
Adorei... podia te-lo escrito eu própria se tivesse algum jeito pá coisa :P
De Divine a 6 de Agosto de 2009 às 21:38
As palavras são assim.. Uns dias saem melhor outros pior pouco importa o mais ou menos jeito, também tenho pouco, mas gosto de escrever ou tentar;)
De nos cinquenta a 10 de Agosto de 2009 às 11:02
para ti b que dizes ter adorado mas não ter jeito para a coisa. Deverias pensar com mais profundidade sobre o tema, porque escrever certas coisa sem as sofrer é fácil , difícil é passar por elas e depois passa-las para o papel. Sabes o que é fazer sofrer mesmo sabendo, que os nossos filhos também poderão sofrer. Sabes o que é levar um projecto de uma vida e depois deitar tudo a perder. Sabes o que isso custa sabes o sofrimento que podes causar. Sabes o que é ter medo de morrer e depois passar a ter medo de viver. Deverias pensar mais no texto e depois comenta-lo mas com mais jeito para a coisa especialmente com o coração e com a razao.
De Divine a 10 de Agosto de 2009 às 11:34
Bom dia,
Segundo percebi este comentário é para o comentário anterior, feito por (B.) mas não posso deixar de te responder.
Então é assim, o “tema “como tu dizes pode ter a interpretação que lhe quiseres dar.
Porque, pelo que percebo pelo teu comentário (e não quero errar) tu fizeste escolhas de vida . Escolhas onde sabias que podias por o teu projecto de vida em jogo e causar sofrimento aos teus filhos… são escolhas e opções, embora o post esteja longe desses complexos problemas.
Viver é um risco e quem não arrisca não petisca assim como quem arrisca tem que considerar os prós e contras…
E para acabar, fui eu que o escrevi e não sei o que é esse sofrimento nem é baseado em nenhum drama vivido por mim.
São só palavras que gosto de escrever..


De nos cinquenta a 10 de Agosto de 2009 às 13:20
Bom dia,
queria te dizer que as escolhas e opções por vezes não somos nós que as fazemos é a vida que as determina e muitas vezes não conseguimos encontrar o caminho adequado para chegar a bom porto. Isto não implica que nós mais tarde não tenhamos a noção do erro.
Tens razão quando dizes que a vida é um risco mas quando saímos atraiçoados por esse mesmo risco sofremos muito.
A vida passa a ser um pesadelo e o sono o nosso alivio.
Por último dizes que são só palavras que escreves mais nada, mas para quem está muito magoado com a vida por vezes tocam muito fundo.
Obrigado por teres respondido.
De Divine a 10 de Agosto de 2009 às 14:37
Olá,
Bom , eu acho que o comentário está ficar serio de mais:)
Tens toda a razão quando dizes que as escolhas são muitas vezes determinadas pela vida, mas somos seres pensantes… e também depende muito das nossas escolhas.
Quando existem filhos não podem existir margens para erro, nunca é negociável … no meu caso são uma prioridade acima de qualquer outra coisa.
(A vida passa a ser um pesadelo e o sono o nosso alivio.)
Esta tua frase é pesada de mais… gostava só de te dizer que a seguir a uma tempestade vem sempre um arco-íris e há sempre um dia depois do outros… a vida só vale a pena quando contrariamos as adversidades, nem sempre é fácil mas vale muito a pena tentar…
Acredito que as palavras possam tocar as pessoas de maneiras diferentes, espero que as minhas não te magoem, muito pelo contrario…
Não tens nada que me agradecer e volta sempre que tiveres vontade até de escrever;)
Divine


De nos cinquenta a 10 de Agosto de 2009 às 17:42
Obrigado,
pelo arco-íris do dia seguinte . Estou ainda no meio de um terramoto, que não pára de abanar. A minha cabeça está num turbilhão dia e noite para ( a ) recuperar. Só vejo escuridão não consigo trabalhar, preciso de ver uma luz no fundo do túnel.
De Divine a 10 de Agosto de 2009 às 23:06
Não sei o que se passou nem tenho nada com isso, mas seja o que for nada é mais importante que os teus filhos, que segundo percebi tens.
Por eles vale a pena vestir o fato de (super mulher) e deixar o terramoto um bocadinho em “modo de espera” achar a luz no fundo do túnel nem que seja com uma lanterna acesa…
Arregaça as mangas e vaia à luta..Deixa para lamber as feridas depois, porque vais ter necessidade de o fazer.
Não pensei que este simples post desse asso a esta conversa… mas sinceramente é a minha opinião, primeiro nós depois os outros..
Divine :)
De luar a 20 de Agosto de 2009 às 12:15
boa lUA nova,que a luz dos dias (luar ausente)ilumine-te a mente.porque de ferias estamos todos nós,neste intervalo que é a Vida.ai ao dos 50 ele que pense no passado passado em vez do futuro ido.vale!
De nos cinquenta a 26 de Agosto de 2009 às 20:13
Boa tarde, Devo ser um bocadinho burro, mas não percebi o alcance da frase da luar "passado passado e futuro ido" è que tenho uma grande falta de jeito para psicologias de meia tigela , ou para psicólogas de nova geração, ou então daquelas que sabem tudo, só porque estudaram umas patacoadas à pressão.

Comentar post

eXTReMe Tracker

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.sonhos e fragrâncias

. A escolha é sua

. Quando se revela

. Voltaste

. Voltar

. Hoje

. Questão de gosto!

. És uma lição de vida

. Passos

. Caminhos

. Desejo

.suaves aromas

. Abril 2014

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.divinos

. É A HORA DE LIBERTARES A...

.links

.últ. comentários

Estive no Canadá e em alguns países da África. O m...
Mulher maduraIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
O maior elogio ao autor é dar-lhe o crédito de aut...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora)Esse ar puro ox...
Por favor, conte-me quanto dinheiro já perdeu porq...
MULHER MADURAIvone Boechat (autora) Esse ar puro ...
A autora de Mulher Madura sou eu: Ivone Boechat
Mulher madura Ivone Boechat Esse ar...
Meu texto MULHER MADURA aparece aqui com a assinat...
No seu perfil, você postou meu texto SOU MULHER na...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds